Cemitério Esquecido


“… acharam varias ossadas humanas”

Dizem que isso aconteceu numa antiga fazenda no município de Carpina, no interior de Pernambuco, na década de 90. Uma família estava reunida no alpendre da casa grande – avós, filhos e neto numa conversa tranquila depois de um jantar comemorativo. Era quase meia-noite quando todos ouviram gemidos de dor aterrorizantes. Ninguém conseguia descobrir de onde vinham aqueles lamentos, por mais que olhassem ao redor. E, tão repentinamente quanto surgiu, o queixume fantasmagórico cessou, deixando aquelas pessoas sentido calafrios, apavoradas.

Depois que o grupo se acalmou, a avó, dona da fazenda, lembrou uma história contada pelo pai dela. Ele dizia que, em certas noites, um homem negro, muito alto e forte, usando roupas surradas, aparecia próximo aos currais da propriedade que havia sido fundada por outra família ainda no século XIX, no tempo da escravidão. Mas uma missa fora encomendada pelo fazendeiro em intenção daquela alma atormentada e, a partir dai a angustiante aparição nunca mais se repetiu.

Então por que tornaram a ocorrer fenômenos sobrenaturais naquele lugar tão pacato? Sim, daquela noite em diante, os gemidos terríveis voltaram soar, sempre quando se aproximavam as dozes badaladas.

A explicação não demorou a aparecer. Bem perto dos currais – agora desativados – estava sendo cavada uma piscina: a avó queria garantir que os netos não perdessem o interesse de visitá-la nos finais de semana. Ao aprofundarem as escavações, os trabalhadores acharam varias ossadas humanas! Tudo indicava que o local escolhido para ser construída a piscina era exatamente área onde havia um cemitério de escravos há muito esquecido.

A providência foi retirar todos aqueles ossos e enterrá-los em outro ponto do terreno devidamente sinalizado com cruzes de madeira. Um padre chegou a fazer uma benção nas novas covas na tentativa de apaziguar os defuntos anônimos. E a piscina foi finalizada. Mas as medonhas lamentações só pioraram. E, além dos gemidos, barulhos de arrastar de correntes passaram a ser ouvidos..