Fogo no Mar?

 

Há muito tempo ouve-se falar que, nas praias da Ilha de Itamaracá, no litoral norte de Pernambuco, ocorrem coisas estranhas ao anoitecer. Várias pessoas que moram lá afirmam ter visto o “Galfoice”, uma espécie de bola de fogo, assombração que vaga entre os arrecifes, as ondas e a faixa de areia quando cai a escuridão. Segundo contam, é a alma de um pescador que atendia pelo apelido de João Galafoice, e que desapareceu no mar em meio a um temporal, entre Itamaracá e Goiana.

Até então, eu nunca tinha levado a sério essa história. Mas, certa noite, alguns veranistas que estavam numa casa em frente à minha, chegaram da praia gritando e chorando muito. Estavam quase em estado de choque e afirmaram ter sido perseguidos por “uma grande bola de fogo que saiu de dentro do mar”. Pensei que poderiam estar querendo nos pregar uma peça, mas foi preciso até dar calmante a uma moça que estava com o grupo. No dia seguinte, fui conversar com eles. Notei que ainda estavam se refazendo do grande susto. Perguntei se já tinham ouvido falar do Gala-foice, mas afirmaram que não!

Você pode até pensar que essa história é mentira. Contudo, se estiver passeando à noite nas praias de Itamaracá e notar uma grande bola de fogo flutuando junto à água do mar, pode estar vendo algum candeeiro de um barco de pesca ou… o Gala-foice! Neste caso, reze para não ser ele: dizem que quem é apanhado pela assombração vai parar num túmulo no fundo do mar.

Contado por Sérgio Marinho do Nascimento Silva

Saiba mais sobre o Galafoice

Categorias