Estranhas Luzes na Mata

Esta história que vou contar se passou em Pernambuco, na zona rural do município de Surubim. Lá, as casa ficavam, no mínimo, a cem metros de distância umas da outras. E, em volta, existiam muitas árvores. Isso sem falar no capim, que chegava a medir quase a altura de uma pessoa adulta.Eram muitas as trilhas por entre os capins e, à noite, nem os cabras mais corajosos da região passavam por elas.

Minha avó, Maria das Dores, morava no local com seus os pais e os irmãos, numa casa simples como todas as outras. Não havia energia elétrica na região e, por isso, só as lamparinas os protegiam da escuridão. Minha avó contava que, na maioria das noites, quem olhava para o horizonte da mata via luzes andando juntas como se fossem beatas em procissão carregando lamparinas.

E, de repente, as luzes se apagavam! Muitas vezes alguns homens da região iam juntos tentar descobrir o que era aquilo. Mas nunca encontravam nada! Contudo, contava-se que as pessoas iam sozinhas pelas trilhas viam vultos brancos assustadores por entre os capins e debaixo das árvores! Qual seria a explicação para essas aparições? Acho que ninguém jamais saberá…

E esse não era o único mistério que havia ali. Numa fazenda do lugar, morava uma família muito estranha, que não conversava com ninguém. Diziam que o dono da propriedade era uma pessoa ruim e tratava os outros muito mal. Ele ficou muito doente e teve que ser levado para o hospital às pressas.

Nesse dia, minha avó estava no quintal de casa com seu pai quando, de repente, um vento passou com tanta força que abaixou a plantação de milho – o que era uma coisa bem estranha de acontecer. O vento fazia um barulho como se fosse o ronco de um porco, era terrível! Mas logo tudo voltou ao normal, como se nada tivesse acontecido. No outro dia, minha avó ficou sabendo que o senhor da fazenda que foi morreu no hospital na hora em que o fenômeno inexplicável ocorreu.

Minha avó conta essas historias várias vezes. E tem muito respeito por esse tipo de coisa.

Contado Alexandre Leite de Paula

Categorias
Tags