top of page
  • recifeassombrado6

Nos olhos da Medusa

Livro de Jaime Azevedo tem campanha para nova tiragem


“M, Os Contos Gorgônicos”, traz três histórias de horror interligadas que tratam da figura da Medusa e, juntas, formam uma novela que agora está em campanha no Catarse para garantir uma nova e última tiragem pela Editora Serpentarius.

Poder feminino, sacralidade, dor e mergulhos psicológicos e na linguagem caracterizam a obra que passeia pelo terror e pelo fantástico através de imagens tanto líricas quanto extremamente violentas.

Segundo Raul Dias, Editor Chefe da Serpentarius: “M é o tipo de obra que buscávamos para completar nosso catálogo! É poética, cheia de gore e diferente do que vem sendo produzido na literatura contemporânea de horror no Brasil, que é muito presa à fórmulas e clichês. Foi a primeira obra de autor solo que selecionamos para publicar lá em 2022 e agora lançamos esta campanha para viabilizar uma nova tiragem”.


A nova edição do livro de estreia de Jaime Azevedo (publicado pela primeira vez em 2016 pela editora natalense Sebo Vermelho, dentro da coleção José Nicodemos) chega com um novo projeto gráfico, capa dura, guardas coloridas, pintura trilateral e textos adicionais, incluindo o prefácio de Everaldo Rodrigues (autor de “O Capeta-Caolho contra a Besta-Fera"), o posfácio de Regina Morgan e um conto inédito. A Editora Serpentarius é sediada em São Paulo e tem como foco as narrativas fantásticas, inomináveis, absurdas e imprevisíveis, honrando e reverenciando o horror e seus subgêneros.



Jaime Azevedo nasceu na cidade de Southampton, Inglaterra, em 1976. É escritor, jornalista e designer. Publicou "M, Os Contos Gorgônicos" (Editora Sebo Vermelho, 2016), "Tudo que Ama e Rasteja" (CJA Edições, 2017), “O Dedo da Santa” (Editora Draco, 2021) e um conto na coletânea “Terrores Latinos” (Editora Luva, 2023), além de vários contos avulsos em formato eletrônico na Amazon. Formou-se em Jornalismo pela UFRN em 1998 e concluiu uma especialização em Gestão de Marca na mesma instituição em 2012. Também é autor de “A Hora dos Doppelgängers”, lançado em 2020, e “Uma porta para o desejo”, de 2019 - textos que expandem o universo de “Tudo que Ama e Rasteja”.


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page